0 itens no carrinho de compras
Menu

Especificações ACEA

A ACEA (Association des Constructeurs Européens d’Automobiles) é a Associação dos Construtores Europeus de Automóveis e a evolução do antigo Comité dos Construtores do Mercado Comum (CCMC) sendo responsável pela definição da qualidade dos óleos para motores de 4 tempos de acordo com os requisitos das normas europeias. As classificações ACEA utilizam para os motores a gasolina de veículos ligeiros as abreviaturas A1, A2, A3, A5. Aos motores a gasóleo de veículos ligeiros são aplicáveis as designações B1, B2, B3, B4, B5. Para motores de veículos ligeiros a gasolina e gasóleo com tratamento posterior de gases de escape de acordo com a norma Euro 4 ou superior, existem óleos denominados Low SAPS ou Mid SAPS. Estes óleos são também designados C1, C2, C3, C4 e C5. Aos motores a gasóleo de veículos comerciais e máquinas de trabalho aplicam-se as designações E2, E3, E4, E5, E6, E7, E9. O algarismo caracteriza os critérios de desempenho do óleo.

Os actuais membros da ACEA são: GRUPO BMW, DAF, DAIMLER, FIAT CHRYSLER AUTOMOBILES, FORD, HYUNDAI, IVECO, JAGUAR-LANDROVER, GRUPO PSA, GRUPO RENAULT, TOYOTA, VOLKSWAGEN, VOLVO CARS E GRUPO VOLVO. 

As classificações ACEA são alvo de constante actualização sendo que a que vigora actualmente é a ACEA 2016 (a primeira data de 1996). Classificações mais antigas NÃO PODEM SER REFERIDAS seja em rótulos ou fichas técnicas. Por exemplo, não é permitido referir-se a um produto ACEA C3-10 ou seja, um produto que cumpre os requisitos da ACEA C3 da actualização de 2010 porque se considera essa classificação e por conseguinte o produto obsoletos. A excepção é a ACEA 2012 que pode ser enunciada até dia 1 de dezembro de 2018. A classificação ACEA C3 de 2012 tem uma performance inferior à ACEA C3 de 2016.